Português

Revisão das Tendências da Hotelaria 2017

By Alex Gaggioli, dezembro 28, 2017

No final de 2016, previmos quais tendências definiriam 2017 para a indústria hoteleira. Em alguns casos, nós acertamos em cheio, enquanto outras tendências nunca decolaram. Vamos revisar cada ponto e analisar a forma como nossas previsões de tendência impactaram (ou não) a indústria da hospitalidade, especialmente para proprietários e gerentes de propriedade independentes.

A indústria ainda cresce

No final de 2016, a STR fez a previsão sobre como a indústria hoteleira cresceria em 2017. A STR então revisou estas projeções para 2017, que em alguns casos ficaram diferente das estimativas originais.

STR-2017-predictions

Em sua maior parte, a STR manteve as previsões originais de oferta, demanda e ocupação. As previsões de diária média (ADR) e receita por acomodação disponível (RevPAR) foram 1,5% menores que originalmente previstos. Basicamente, menos dólares estão indo para os provedores de hospitalidade como antes pensado, ao menos no caso de receita de hospedagem.

A indústria hoteleira cresceu em torno de 6% (CBRE) e, mesmo em desaceleração, foi positiva pelo 9o ano consecutivo. Uma das principais razões para a taxa de ocupação não crescer tanto quanto a indústria se deve ao crescimento de oferta na maioria dos mercados. Mais propriedades e oferta adicional não estão necessariamente atrelados ao crescimento na quantidade de turistas. Mesmo com mais pessoas viajando, a taxa de crescimento da oferta tem sido igual ou maior.

Consolidação

A consolidação continua a ser uma grande tendência em quase todas as indústrias, incluindo a hotelaria. No ano passado, previmos que continuaríamos a ver aquisições e fusões de alto nível em 2017. Embora não tenha havido muitas aquisições por parte de conglomerados como Expedia e Priceline, muitas fusões e aquisições foram manchete este ano. Aqui estão algumas das maiores:

  • A startup parceira da Cloudbeds, TrustYou, foi comprada no início de 2017 pela empresa japonesa Recruit Holdings.
  • Airbnb adquiriu diversas empresas incluindo a Luxury Retreats e a Accomable.
  • Booking.com comprou a Evature e muitos acreditam inclusive que a TripAdvisor pode ser comprada por uma das gigantes do turismo.
  • Outras fusões:
    • Pace Holding Corporation e Playa Hotels & Resorts
    • Hyatt Hotels e Miraval Group
    • China Lodging e Crystal Orange Hotels
    • Best Western e Sweden Hotels
    • Generator Hostels comprada por uma firma de investimentos privada

Maturação das plataformas existentes

Em relação às fusões e aquisições, temos visto a contínua maturação das plataformas existentes que ajudam as grandes empresas a inovar em passos mais largos. Marcas como Expedia, Marriott e Airbnb estão fazendo duas coisas: adquirindo empresas para expandir seus portifólios e complementar seus produtos; e tambe’m criando novas soluções e funcionalidades em casa.

Cultura Hostel em Crescimento

Mesmo sendo difícil mensurar o crescimento da cultura hostel, é claro para quem está atento que os hostels estão ganhando momento. While it’s hard to quantify the rise of hostel culture, it’s clear to those paying attention that hostels are gaining cultural momentum. Enquanto os hostels mantêm sua forte posição fora dos EUA, temos visto crescimento também internamente. As principais agências online agora estão ativamente distribuindo e promovendo acomodações em hostels juntamente com os tipos de acomodações tradicionais.

Por exemplo, em uma pesquisa recente na Expedia por um quarto em Las Vegas, os resultados de hostels vinham somente um pouco depois dos grande hotéis e casinos. A mesma busca, mesmo ano passado (2016), traria resultados bem diferentes. Para nós, isso significa uma pequena porém promissora mudança na indústria como um todo.

Um dos maiores grupos entre hostels, o Generator Hostels, foi vendido para uma empresa de capital privado por US$ 480 milhões. 2017 foi um ano de crescimento para a Cloudbeds em quantidade de grandes hostels clientes, e sabemos que nossos clientes hostels também cresceram em 2017.

Dominando sua presença online

Dominar sua presença online é um jogo de constante mudança para qualquer negócio e especialmente para aqueles na indústria hoteleira. Apesar da gestão de sua presença no Google e Facebook continuarem importantes para a maioria, a infinita lista de sites de avaliação e agências online têm se tornado cada vez mais importantes. Toda uma nova indústria dedicada à gestão de reputação brotouenquanto marcas de todos os tamanhos tem investido mais para controlar sua presença online.

Com relação a fazer uma busca e efetivamente realizar uma reserva, os turistas tem uma quantidade incrível de opções. Mesmo com a pesquisa feita em 2015 sobre o comportamento dos consumidores para reservas hoteleiras estar ficando desatualizada, não há dúvidas que os turistas têm visitado até 40 websites antes de tomar uma decisão. Garantir que a marca de seu estabelecimento hoteleiro estivesse bem representada online foi o tema do ano para todos em 2017 e certamente continuará em 2018 e além.

Os peso-pesados da internet, Google e Facebook mantiveram seus domínios este ano. Ambos fizeram várias alterações em seus algoritmos que afetaram as marcas em toda a internet. Por exemplo, muitos negócios viram os cliques de suas páginas no Facebook caírem em até 25% e o Google voltou a ser a fonte número um de tráfego para os criadores de conteúdo.

Mesmo os négocios hoteleiros não publicando tanto conteúdo como por exemplo o New York Times ou o Buzzfeed, as mesmas tendências que os afetam também afetarão você.

Experiências Locais e Compartilhadas

Uma das principais e mais comentadas tendências do ano foi a atenção dada para as experiências. Vimos negócios hoteleiros já estabelecidos acrescentarem atividades aos seus programas de fidelidade. Marriott e Airbnb começaram a oferecer experiências em suas plataformas pela primeira vez e mais de US$ 100 milhões foram investidos em startups como Klook, Tigets, TourRadar e Get Your Guide.

A Phocuswright estima que o mercado de experiências alcançará aproximadamente US$ 183 bilhões em 2020 e existem muitas marcas por aí na busca de pegar alguns destes dólares. Apesar das experiências serem tão antigas como o mercado da hospitalidade, parece que foi em 2017 que as pessoas prestaram atenção nelas.

Olhando para 2017 no retrovisor, vemos que há muita gente lutando para estar à frente nesta tendência, seja uma empresa de apenas 3 anos como a Klook ou uma anciã como Marriott. Em 2018, veremos uma batalha de grandes apostas na conquista dos dólares de experiências.

Transparência Tarifária

Em 2017, a batalha entre as OTAs e a ideia de reservas diretas pareceu diminuir, mesmo que um pouco. Em 2016, os principais temas da conversa eram transparência tarifária, paridade e a distribuição entre reservas diretas e de terceiros. As grandes marcas hoteleiras estavam criando campanhas massivas para gerar reservas diretas, o que respingou nas propriedades independentes.

Enquanto continua sendo essencial para qualquer propriedade uma estratégia de distribuição equilibrada, a conversa mudou para outros tópicos – como os outros temas deste artigo. No próximo ano, esperamos que a conversa esteja focada em como aumentar o volume de reservas adicionand-se novos canais de vendas.

Fique ligado para nossas previsões de tendências para 2018!

Você também pode se interessar por...

Relatórios de Análise Diária: Um Guia Completo Para a Auditoria Noturna de Hotéis

  Uma das perguntas mais comuns que os hoteleiros nos fazem é “como eu gero um relatório de fechamento do […]

Pillow Talk: Atualizações do Produto Cloudbeds Setembro de 2019

Está pronto? Aqui vão as nossas novidades…… Com o final do terceiro trimestre, é hora de destacar algumas atualizações da […]

A Cloudbeds dá as boas vindas a Cláudia Godoy, Gerente de Vendas Regional Brasil

Cloudbeds, empresa líder em software para a hotelaria independente no Brasil, tem o prazer de anunciar Cláudia Godoy como Gerente […]

Abandonando a Bandeira: Como a Tecnologia Está Ajudando Propriedades a Serem Independentes

Abandonar a bandeira de um hotel está se tornando consideravelmente popular. Muitos dos hóspedes de hoje estão deixando para trás […]

Melhores, Juntos

A Cloudbeds adora ajudar os Hoteleiros e Anfitriões
a expandirem seus negócios. Deixe-nos mostrar como.

Consultoria Grátis