Como hotéis, hostels e pousadas podem usar anúncios de metabusca para ficarem mais competitivos

By Cloudbeds, novembro 24, 2018

Quando querem pesquisar algo corriqueiro na internet como “o que é um spinner”, “como o Bitcoin funciona” ou “melhor hotel boutique em Lisboa”, bilhões de pessoas em todo o mundo recorrem ao Google diariamente. Os turistas hoje em dia usam sites de metabusca para comparar preços de voos, procurar lugares para ficar e fazer reservas para suas viagens. O que é metabusca e como os hotéis, hostels e outros estabelecimentos hoteleiros podem usar esses mecanismos de pesquisa para melhorar a competitividade? Vejamos.

Primeiro, o site de metabusca agrega dados de outros mecanismos de pesquisa para produzir uma lista de resultados de diversas fontes encontradas pela internet. No caso do setor de turismo, os mecanismos de metabusca possibilitam a comparação das tarifas de quartos oferecidas por diversas agências de viagens online (OTAs) e outros sites de reservas, tudo em um só lugar. Google, Tripadvisor, Kayak, e Trivago são exemplos de protagonistas da metabusca para viagens. A proposição de valor do uso desses sites é a possibilidade dos turistas de pesquisar a disponibilidade e comparar os preços que estão em toda a internet, inclusive OTAs e sites de hotéis importantes.

Qual é a diferença entre anunciar em mecanismos de metabusca e anunciar em uma OTA? Em vez de pagar uma comissão por reserva a uma OTA, o custo pago pelos hotéis é por clique ou por aquisição (reserva). Em outras palavras, você só paga quando um hóspede em potencial clica em seu anúncio ou faz a reserva. É possível até mesmo definir o valor do lance desejado para cada clique (ou reserva) e ajustar os lances para otimizar sua estratégia geral.

 

Conheça os protagonistas da metabusca

Veja quem você precisa conhecer e por quê.

 

Google

O Google — que dispensa apresentações — introduziu uma dinâmica fascinante no setor de turismo. Com as campanhas para hotéis do Google Ads, você pode mostrar seu hotel no Google.com e Google Maps em computadores, tablets e celulares. Recentemente, o Google integrou seu Hotel Finder à página normal de pesquisa, permitindo visualizar listas de hotéis com preços, fotos, avaliações e panoramas do Street View. O principal é que seu anúncio e marca aparecerão em local nobre, bem ao lado das OTAs. Veja, por exemplo, o caso de um cliente da Cloudbeds, a Pension Santa Elena abaixo.

Trivago

A Trivago revela que o site recebe 2 bilhões de acessos por ano (talvez já tenha visto um de seus famigerados comerciais na televisão). O Trivago oferece uma ferramenta chamada Rate Connect, que funciona como uma campanha de CPC (com Custo por Clique) com um orçamento mensal fixo determinado por você. Quanto às avaliações, o Trivago publica uma pontuação chamada “Rating Index”, baseada em opiniões reunidas de sites de viagens por toda a internet, como Expedia e Hotels.com

 

TripAdvisor

O TripAdvisor tem sido um elemento básico no setor de turismo já por mais de uma década. Ele oferece várias opções que os hotéis podem usar para conseguir mais reservas. O TripAdvisor aos poucos tem deixado mais de lado o recurso de Reserva Rápida , que permite aos hóspedes fazer reservas dentro do próprio TripAdvisor. A empresa tem dado preferência às campanhas de CPC, que, como deve ter percebido, seguem a mesma abordagem dos outros protagonistas da metabusca ao gerar reservas.

 

 

Além desses 3 protagonistas, há outros mecanismos de metabusca, como Kayak, Skyscanner, Wego, Nozio e Swoodoo. Quem sabe se gigantes como Facebook ou Amazon também entrarão no ramo do turismo? Só o tempo dirá. É interessante ficar de olho nesse espaço, e ficamos na expectativa de mais consolidação.

Estratégias e dicas para ter sucesso com a metabusca


A metabusca vem crescendo e ficará cada vez mais inteligente

Com o desenvolvimento do machine learning e outras tecnologias, os sites de metabusca ficarão cada vez mais inteligentes. Pode apostar que o Google já sabe sua idade, localização, hobbies e interesses. Embora a ideia desse poder todo possa parecer assustadora, já é uma realidade, e os mecanismos de metabusca continuarão a aproveitar esses dados para auxiliar as empresas a alcançar os clientes ideais com seus anúncios (lhe proporcionando hóspedes ideais). Por exemplo, você pode direcionar uma campanha de anúncios de seu hotel no Google para aqueles que viajam a negócios durante a semana ou turistas estrangeiros nos fins de semana.


Nova oportunidade para estabelecer e deter a relação com o hóspede

Um dos grandes diferenciais da metabusca é que os turistas podem fazer a reserva diretamente em seu próprio site, em vez de uma OTA fazer a intermediação. Mas quando um turista chega até seu site, seu motor de reservas deve ser moderno, fácil de usar e transmitir segurança para que o hóspede realmente conclua a reserva. Motores de reservas, como o oferecido pela Cloudbeds, também devem estar perfeitamente integrados ao seu site. Visto que o Google e outros mecanismos de metabusca enviam tráfego não só de computadores, mas também de celulares, é fundamental que seu site seja projetado para todos os tipos de dispositivos móveis, inclusive celulares.

Acima de tudo, a metabusca lhe permite ter o controle real do relacionamento com o hóspede, visto que recebe os dados de contato dele de forma direta. Assim, você detém a relação com o hóspede e elimina intermediários. Com comunicação e marketing habilidosos por e-mail, é possível fidelizar os hóspedes, que farão a reserva diretamente com você na próxima vez.


Otimizar campanhas de anúncios para pagar menos comissões

O modelo de metabuscas é diferente daquele que utiliza as OTAs, mas com certeza não é gratuito. Apesar disso, com novas ferramentas como o AdsHotel, você tem um painel de controle central para monitorar os gastos com anúncios e otimizar suas campanhas. É possível inclusive definir um orçamento fixo por canal. E se a ideia de ter de gerenciar orçamentos o assusta, o AdsHotel lhe oferece tecnologia de inteligência artificial de ponta para ajudá-lo a tomar decisões estratégicas.

Tenha em mente que a melhor reserva é aquela que paga mais em valor ao estabelecimento (RevPAR total) e é adquirida com a menor despesa possível (Custo de Aquisição de Clientes ou CAC). Mesmo assim, poderíamos dizer que um hóspede obtido por metabusca é mais valioso, pois dessa forma há a oportunidade de novas vendas a ele sem pagamento de comissão. Também é importante lembrar que não se pode adotar uma atitude comodista na gestão das campanhas com anúncios, ou seja, configurar no início e deixar “no piloto automático”. É preciso monitorar e gerenciar ativamente seu orçamento a fim de garantir o máximo retorno sobre o investimento (ROI).

A importância de boas práticas de Revenue Management

Sua estratégia de preços faz diferença, especialmente com a metabusca. Colocar anúncios em mecanismos de metabusca lhe dá a mesma visibilidade que algumas das maiores OTAs. Assim, é preciso cuidar para que suas tarifas diretas sejam competitivas em relação às suas tarifas nos canais de terceiros. Sem paridade das tarifas, seus anúncios não serão tão eficazes e a campanha não dará tanto retorno. Um channel manager é essencial para conseguir manter paridade das tarifas em todos os canais. Tudo precisa estar em harmonia — desde o PMS e ferramenta de Revenue Management até seu motor de reservas e channel manager. Talvez sejamos suspeitos para falar, mas eis um ótimo motivo para usar uma solução tudo-em-um.

Como começar

Para lançar sua campanha hoteleira no Google Ads, precisará trabalhar com um Integration Partner (parceiro de integração) autorizado. Esses parceiros fornecem as tarifas e disponibilidade do seu hotel para o Google. A Cloudbeds tem o prazer de anunciar que agora oferece integração ao AdsHotel, fornecendo perfeita conexão com todo o software de gerenciamento de seu estabelecimento hoteleiro. O AdsHotel também se conecta ao TripAdvisor, Trivago, Kayak, Wego, Nozio, Skyscanner e Swoodoo. Comece hoje mesmo!

Cloudbeds

About Cloudbeds

Cloudbeds is the fastest growing hospitality management software suite in the world, providing tools to manage properties of all types and sizes – building revenue, driving bookings and increasing operational efficiency. Trusted by more than 20,000 hotels, hostels, inns, and alternative accommodations in more than 155 countries, the Cloudbeds suite includes a powerful PMS, a leading Channel Manager, and a conversion-driven Booking Engine. Through access to 300+ integrations available via the marketplace, Cloudbeds helps properties unify their management, reservations and booking systems, grow revenue and automate workflows with confidence and ease. Founded in 2012, Cloudbeds has expanded to more than 400 people with local teams in 40 countries. 

 

 

Você também pode se interessar por...

Pesquisa Global de Percepção: 64% das propriedades esperam estar abertas em Agosto

Desde o primeiro trimestre de 2020, o setor de hospedagem global passou por mudanças e adaptações generalizadas por conta da […]

Como Criar um Manual de Procedimentos Operacionais Padrão Para Hotel Independente

Este é um artigo de Kristy Espat, Gerente de Marketing de Produto da Cloudbeds e hoteleira independente com 3 propriedades […]

Guia Para Software de Gestão Hoteleira

Software de Gestão Hoteleira: Por que Você Precisa   Até mesmo as menores propriedades independentes se beneficiam de um software […]

Dicas e Orientações Para Reabrir Sua Propriedade Hoteleira Com Segurança

À medida que o mundo se adapta à vida com a COVID-19, os hoteleiros enfrentam um novo desafio: como reabrir […]

Melhores, Juntos

A Cloudbeds adora ajudar os Hoteleiros e Anfitriões
a expandirem seus negócios. Deixe-nos mostrar como.

Consultoria Grátis