TENDêNCIAS DA INDúSTRIA

Tendências da Indústria Hoteleira 2021

Por Alex Gaggioli | Publicado em dezembro 22, 2020

Um Ano Extremamente Imprevisível.

2020 foi com certeza um dos anos mais disruptivos da história moderna. A maneira como as pessoas vivem, trabalham e viajam mudou abruptamente e não se recuperará totalmente por muitos anos. O impacto de 2020 nas tendências da hotelaria se estenderá muito além de 2021 e muitas coisas devem mudar. Com base em nossas conversas do dia a dia com proprietários, gerentes e parceiros, acreditamos que 2021 continue um tanto estranho, mas temos esperança de um retorno breve à normalidade. Aqui estão nossas tendências para a hotelaria em 2021. 

Turismo Começa a Voltar ao Normal na Segunda Metade do Ano

Tendências da Indústria Hoteleira 2021

A volta do turismo será lenta, mas deverá acelerar na segunda metade de 2021. Enquanto a pandemia continua a impactar nossa indústria e o mundo em geral, vemos esperança no horizonte. Com as vacinas a caminho, esperamos que as viagens voltem mais perto da normalidade no segundo semestre de 2021. De acordo com um relatório da McKinsey & Company, a demanda de viagens aéreas de volta aos níveis de 2019 provavelmente não ocorrerá até 2024, e a demanda de hotéis não está prevista para retornar aos níveis pré-COVID-19 até 2023.

Nem todos os tipos de viagens retornarão ao mesmo tempo. Prevemos que as viagens de lazer retornarão primeiro, e as pessoas continuarão a viajar em pequenos grupos – provavelmente com pessoas com quem estiveram em quarentena. As pessoas estão ansiosas para voltar à estrada e ao ar. Embora tenhamos visto um aumento em viagens locais, prevemos que em meados de 2021 veremos um ressurgimento das viagens de longa distância.

À medida que o mundo começa a reabrir e as viagens voltam, os negócios hoteleiros continuarão a ter uma aparência diferente, à medida que continuam a modificar suas operações para se adequar ao novo normal. A maioria de nós experimentou condições de constante mudança – uma tendência que provavelmente não mudará no próximo ano. Entrada sem toque, quartos de hotel como espaços de trabalho, interação mínima entre equipe e hóspedes e espaços comunitários modificados são apenas algumas tendências que provavelmente vieram para ficar.

Proprietários e gerentes resilientes que são capazes de se adaptar às restrições continuarão a ver reservas e receber hóspedes em suas portas.

O Que Os Proprietários e Gerentes Podem Fazer Para Se Preparar:

O turismo continuará com uma aparência diferente. Atualizar os procedimentos operacionais padrão de sua propriedade garantirá que você esteja pronto para receber os hóspedes de volta com força total.

Uma área que sugerimos abordar primeiro são os procedimentos de sua equipe de limpeza. Garantir que todos os procedimentos de limpeza sejam padronizados é a chave para o sucesso no futuro. O guia de procedimentos operacionais padrão da Cloudbeds oferece muitas dicas e modelos que você pode customizar para sua propriedade. Faça o download aqui.

Uma segunda área que sugerimos abordar são os procedimentos operacionais padrão da sua recepção. O check-in, o check-out e as interações diárias com os hóspedes continuarão diferentes no próximo ano. Revise seus procedimentos operacionais padrão com a ajuda de nosso guia.

Bônus: verifique nosso e-book sobre procedimentos operacionais padrão de limpeza e manutenção, incluindo modelos gratuitos.

Hábitos de Reservas Mudarão

novas tendências para a hotelaria

A maneira como os consumidores desejam reservar viagens está mudando, assim como a forma como o dinheiro é trocado. Com tanta incerteza e experiências ruins com canais de reserva no início da pandemia, os hóspedes estão menos dispostos a pagar adiantado. Os turistas pagarão pela flexibilidade em um esforço para proteger seu dinheiro. Os planos podem mudar a qualquer momento e as pessoas não estão dispostas a colocar seu dinheiro em risco.

As agências de viagens online se queimaram com muitos consumidores com reservas canceladas, o que acreditamos impulsionar as reservas diretas. Os proprietários também serão mais cautelosos com os depósitos recebidos, esperando para gastar apenas próximo da chegada do hóspede.

Janelas de reserva mais curtas também continuarão em 2021. Os consumidores continuam a tomar decisões de reserva de última hora – de meses para dias. As atrações locais que oferecem atividades ao ar livre como parques nacionais e outras aventuras que oferecem distanciamento social por natureza (com o perdão do trocadilho) continuarão a florescer.

Em um CloudTalks recente, o Asa da A-Lodge compartilhou conosco que quando a pandemia se instalou, ele utilizou exclusivamente o Airbnb pois atrai hóspedes já acostumados com uma pouca interação com a equipe. O Airbnb atrai um tipo diferente de hóspede, que pode funcionar muito bem para sua propriedade.

O Que Os Proprietários e Gerentes Podem Fazer Para Se Preparar:

Avalie suas políticas de reserva, incluindo janelas de cancelamento e multas. Dê uma olhada em onde e como seus hóspedes atuais estão fazendo reservas e analise como você pode atendê-los melhor. Taxas de cancelamento e janelas de cancelamento curtas espantarão hóspedes preocupados com a possibilidade de mudança de planos de última hora. Além disso, dê uma olhada em como suas fontes de reserva de terceiros estão lidando com as reservas de seus hóspedes. Trabalhe com OTAs que estão oferecendo mais flexibilidade e garantias para seus clientes em comum.

Foco das OTAs Em Suas Competências-Chave

novas tendências para a hotelaria 2021

As agências de viagens online e outros canais de reserva tiveram um ano difícil. A Organização Mundial do Turismo das Nações Unidas mostra um declínio no ano inteiro entre 58-78% das chegadas de turistas internacionais. O declínio severo e repentino das viagens forçou até mesmo algumas das empresas mais prósperas a reduzir e analisar suas competências essenciais.

O Airbnb, por exemplo, já demitiu aproximadamente 25% de seu quadro de funcionários e reduziu as operações que não estavam diretamente ligadas aos negócios de hospedagem, incluindo transporte, hotéis e residências de luxo. A Expedia tornou-se mais focada em suas OTAs principais, o que incluiu redução de gastos com marketing e pessoal. Isso beneficia tanto os consumidores quanto os proprietários porque, à medida que a concorrência diminuiu, os custos de marketing diminuíram. Com menos canibalização, as OTAs estão mais focadas em determinados canais, o que leva os consumidores a menos sites.

Como Proprietários e Gerentes Podem Se Beneficiar:

Seja flexível e teste novos canais e parceiros de distribuição. Um channel manager bem equipado pode dar a você a flexibilidade de testar novos canais sem se preocupar com mais trabalho ou overbookings. Leia nosso eBook sobre tudo (tudo mesmo) que você precisa saber sobre um channel manager e como utilizá-lo.

O IPO do Airbnb Muda Os Alugueis de Curto Período Para Melhor

TENDÊNCIAS NA HOTELARIA E TURISMO

O Airbnb abriu em bolsa em 10 de Dezembro de 2020, e acreditamos que mudará o mercado de alugueis por curto período para sempre. Como empresa negociada em bolsa, o Airbnb elevará o padrão de seus anúncios, o que trará repercussões a todos que utilizam a plataforma.

2020 destacou a necessidade de procedimentos operacionais padrão. A indústria hoteleira e as acomodações tradicionais devem seguir leis e inúmeros protocolos para operar. E quando se trata de uma pandemia global, os procedimentos e padrões de limpeza e segurança tornam-se de extrema importância.

Conforme o Airbnb solidifica seu lugar permanente no mercado de viagens, um novo nível de padronização ocorrerá. Inadvertidamente, isso expulsará os menores negócios por conta do aumento da barreira à entrada. As empresas de gestão de propriedades profissionais e anfitriões de várias unidades continuarão a operar, com procedimentos e padrões atualizados. Conforme o padrão aumenta, os consumidores se beneficiam e a Airbnb conquistará sua confiança.

Como Proprietários e Gerentes Podem Se Beneficiar:

Airbnb sempre foi focado em sua marca. Considerando que Booking.com e Expedia gastam dólares significativos em publicidade paga no Google, o Airbnb conseguiu construir uma marca que obtém 91% de tráfego direto. 2021 é um bom momento para olhar para a marca própria de um hotel. Por que a propriedade é única? Você está mostrando os benefícios para seus hóspedes em tudo, desde imagens até mensagens?

Evolução da Demografia dos Turistas e Parcerias

TENDÊNCIAS NA HOTELARIA E TURISMO

Ao longo do ano, conversamos com milhares de proprietários, hoteleiros e gerentes. Um dos temas mais prevalentes em 2020 foi a mudança do perfil dos hóspedes. Entusiastas internacionais exploraram tesouros próximos, quartos compartilhados e acomodações transformadas em privadas, e as pessoas encontraram comunidade em empresas que antes consideravam concorrentes.

Estratégias existentes e comprovadas para atrair hóspedes podem não ser mais eficazes e forçaram muitas pessoas na indústria hoteleira a serem criativas. Por exemplo, o Knik River Lodge no Alaska, que normalmente atrai como hóspedes não residentes do Alasca, fez uma parceria com estações de rádio locais e concorrentes para criar uma viagem rodoviária para moradores do Alasca. As pessoas em Anchorage estavam ansiosas para passear, e um vilarejo remoto com cabanas fica a apenas uma hora de distância. Uma relação ganha-ganha total.

Ou outro exemplo, Jesse Keefer, proprietário e gerente do Bodega Ridge e Cove, que teve que mudar completamente seu negócio antes focado em eventos. Depois que diversos casamentos foram cancelados e seu calendário completamente zerado, eles decidiram transformar a cozinha do bufê em um restaurante e se concentrar nas redes sociais para atrair os hóspedes que queriam uma escapadela.

Em 2021, as tendências da hotelaria e turismo exigirão que as empresas de hospedagem permaneçam criativas e resilientes diante dos desafios constantes. As propriedades que podem atrair hóspedes além de seus mercados-alvo e criar novas experiências verão os melhores resultados, mesmo quando as viagens voltarem ao normal.

O Que Os Proprietários e Gerentes Podem Fazer Para Se Preparar:

Como a maioria dos hoteleiros e anfitriões, você provavelmente já fez mudanças significativas em sua estratégia de distribuição. Enquanto as viagens aéreas e de longa distância permanecem estagnadas, os turistas domésticos estão prontos para voltar à estrada. Considere fazer parceria com empresas locais ou anunciar em canais locais, como estações de rádio, jornais e associações para atrair uma clientela mais próxima de casa.

Tudo Pode Mudar

Se há uma coisa que sabemos, é que não sabemos o que virá a seguir. Diferente do início do ano passado, podemos aprender a esperar o inesperado. A tendência número um da hotelaria para 2021, que sabemos com certeza, é conduzí-lo dia a dia, semana a semana, mês a mês. À medida que a pandemia diminui seu controle sobre as viagens e o mundo, os profissionais da hospitalidade verão o amanhecer de uma era inteiramente nova – de turistas entusiasmados e dispostos a viajar, e novas experiências tanto em propriedades novas como antigas.

loading background.

Cerca de Alex Gaggioli

Alex Gaggioli is a digital marketing manager at Cloudbeds where he manages social media and creates content. He lives in sunny San Diego, near Cloudbeds headquarters. When he’s not firing off on social media, you can find him at the beach or checking out the newest restaurant in town.
INSCREVA-SE
Obtenha ideias brilhantes e práticas recomendadas diretamente na sua caixa de entrada
FREE EBOOK

e-Book de Software de Gestão Hoteleira

Seu negócio pronto para o futuro - Um guia para escolher o melhor Sistema de Gestão Hoteleira.
Obtenha o e-Book
Cloudbeds
Uma plataforma projetada para ajudar os hoteleiros a gerar receita, economizar tempo e aumentar satisfação do cliente.

Você também pode se interessar por...

BLOG

Cloudbeds Payments: pagamentos seguros para hoteleiros e anfitriões

BLOG

Falta mão-de-obra na sua propriedade? Veja como a tecnologia pode ajudar

BLOG

Crie a estratégia de preços do seu hotel com base em dados

Cloudbeds
Web Beacon