Cloudbeds

Cloudbeds – Blog – Tudo sobre Hotelaria

Como criar um site para seu hotel no WordPress

Subscribe for More Content
Posted by Alex Gaggioli
outubro 10, 2018

Existem inúmeras soluções para o desenvolvimento de sites hoje em dia. Você pode recorrer a um modelo SaaS e pagar uma assinatura mensal pelo seu site, ou pode contratar uma agência para construir um site para seu hotel. As duas opções tem seus prós e contras. Existem alguns hoteleiros, no entanto, que querem fazer, hospedar e publicar seu próprio site, manualmente. E como dica para eles, não há dúvidas — a melhor ferramenta é usar o WordPress.

O WordPress é um sistema de gerenciamento de conteúdo, útil tanto para experts quanto para novatos. Publicar seu próprio site com o WordPress te dá controle absoluto da tecnologia e do conteúdo. Você também será responsável pela segurança e desempenho do seu site. Você terá mais liberdade e será capaz de produzir o visual e as funcionalidades exatamente como quiser. Mas você também terá que gastar um tempo atualizando plugins, melhorando o tempo de carregamento do seu site, e atualizando-o de tempos em tempos, conforme novas tecnologias vão surgindo. Antes de começar, você precisa saber que está mergulhando em um projeto divertido e recompensador que irá tomar parte do seu tempo. 

Com este guia de 7 passos, você vai conseguir fazer um site básico, porém completamente funcional para seu hotel no WordPress. Se você não quiser fazer você mesmo, sugerimos contratar uma empresa especializada. Mas se gosta de  pôr a mão na massa e aprender enquanto faz, continue lendo esse artigo.

Passo 1:  Escolha um servidor

Um servidor é uma empresa que te empresta um computador (ou uma “nuvem” de computadores conectados) onde seu site estará hospedado. Você terá que escolher um servidor para hospedar seu site antes de começar. Esse será o lar do seu site. O servidor é responsável por manter seu site no ar 24/7, então é importante escolher um servidor confiável. 

Existem muitas opções por aí. Para o WordPress, existem duas que eu recomendo:

Bluehost

Bluehost  é um provedor de hospedagem acessível com ótimo serviço de atendimento ao cliente – em inglês. Eles te oferecem o servidor (que é o computador onde seu site vai ficar hospedado ), e você pode fazer quase tudo o que quiser com ele. O serviço de atendimento deles é 24/7 e é excelente, e já me ajudou a sair de muitas enrascadas no passado. O Bluehost é o que eu uso para os meus sites. 

WP Engine

O WP Engine se posicionou por anos como o melhor servidor para usuários do WordPress . Entretanto, em minha experiência, eles oferecem um serviço de atendimento ao cliente medíocre. Eles também têm muitas regras que te impedem de usar os plugins e temas que você quiser. Essas regras existem para proteger o seu servidor, é isso o que eles dizem,  mas eu acho que elas são bem exageradas.

Ambas são boas opções, mas eu prefiro o Bluehost pelos preços menores e a maior liberdade.

No Brasil, os provedores de serviços de hospedagem de sites mais populares são a Locaweb, HostGator e GoDaddy.

Passo 2: adquirir um domínio 

O nome de domínio é o endereço na Internet onde seu site poderá ser encontrado. Por exemplo, www.cloudbeds.com é o domínio da Cloudbeds. Se você já tem um site, você já tem um domínio. Você pode usá-lo, ou adquirir um novo.

A forma mais fácil de adquirir um domínio é através do seu provedor de hospedagem de site, já que normalmente oferecem este serviço. A forma mais barata, talvez um pouquinho mais burocrática, é acessando o site do Registro.br e criando uma conta para você / sua empresa.

Use essas dicas (de SEO) quando for escolher um novo domínio para o site do seu hotel:

  • Escolha um domínio de topo .com (ou .com.br no Brasil, por exemplo). Esses domínios são mais confiáveis para o Google e para os visitantes. Evite um nome de domínio novo, como  .hotel ou .viagem. Além de mais novos, são menos confiáveis para o Google e para os visitantes.
  • Use um nome de domínio curto. O Google confia mais em domínios curtos que em mais longos.
  • Não use hífens ou números. O Google prefere domínios sem pontuação. Domínios com hífens ou números parecem duvidosos.
  • Use palavras-chave relacionadas ao seu negócio. Se possível, se aproprie de um nome de domínio relacionado ao nome do seu hotel ou à sua audiência. Você pode incluir algum marco histórico ou até algo que remeta à sua região.
  • Use a marca do seu hotel. Se você não conseguir usar  palavras-chave, simplesmente use o nome do seu hotel. Tanto o Google quanto seus visitantes acharão um domínio com sua marca mais confiável.

Passo 3 : instale o WordPress

“WordPress é o motor do seu site” – Cloudbeds.Independentemente do servidor que você escolher, instalar o WordPress é fácil. O WordPress é basicamente o motor usado para seu site funcionar. Quando você instalar o WordPress, poderá construir seu site nele.

Você consegue fazer isso sozinho. Nós gravamos um vídeo curto de 10 minutos para guiá-lo nessa tarefa. Assista-o abaixo ou  aqui (tem legendas automáticas em Português, se quiser).

Ou, se não quiser fazê-lo você mesmo, ligue para seu provedor de hospedagem. Eles poderão ajudá-lo. 

Passo 4: conecte-se ao seu painel de controle

Depois que instalar o WordPress, seu provedor de hospedagem te dará um nome de usuário e uma senha para seu novo site. Eles também te darão uma URL por onde você conseguirá se conectar. Se você não tiver esses itens, ligue para o seu provedor. Eles irão te ajudar a encontrá-los ou a recriá-los. 

Uma vez conectado, você acessará o painel de controle do seu site. Dá para você fazer muitas coisas aqui, portanto é fácil se sentir confuso. Vamos começar instalando seu tema. Na barra de ferramentas à esquerda, passe seu mouse sobre “Aparência” e clique em “Temas”.

Passo 5: Instale seu tema

Um tema vai criar o visual do seu site. Existem muitos temas para você escolher para o site do seu hotel — e a maioria é gratuita! Quando for escolher um tema, tenha em mente o seguinte:

  • Ele deve ser responsivo.  Um design responsivo faz com que seu site seja otimizado para a tela de qualquer aparelho móvel. Isso inclui tablets, e outros aparelhos que ainda serão desenvolvidos. Não esqueça de checar como seu tema aparece e funciona em um aparelho móvel depois de estar instalado. Assim, as imagens se ajustam, o texto fica maior, etc.
  • Escolha um design moderno. Temas menos profissionais vão parecer exagerados, usar fontes complexas ou então criar interfaces poluídas. Escolha um tema criado como variante de um design “flat”. Design “flat” é o termo usado para descrever o design que usa apenas algumas cores e elementos simples. Ele não complica as coisas com bordas arredondadas, sombreamento, destaques ou outros componentes complexos de design.  O design “flat” foca em elementos “clean”, precisos, e interfaces claras com tipografia que melhore a usabilidade e conversão no seu site. 
  • Ele deve ter um blog. O propósito do site de um hotel é melhorar as reservas diretas, e uma das melhores formas de se fazer isso é através de marketing de conteúdo, especialmente blogs. Garanta que você tem um tema que oferece diferentes formatos para suas páginas de conversão (como a sua homepage, páginas de fotos, e páginas dos quartos) e para seu blog. 
  • Ele deve otimizar o uso de suas fotos.  Hóspedes decidem se gostam ou não de sua propriedade no momento em que vêm suas primeiras fotos. Lembre-se de impressioná-los com lindas fotos em todo o seu site. Você deve não só usar um tema que tenha uma galeria de fotos, como também explorar lindas fotos de seu hotel em todas as páginas do seu site — especialmente na sua homepage. 

Para encontrar um tema vá para Aparência > Temas. Depois clique em “adicionar tema”, no topo da página. Isso o levará para a galeria de temas do WordPress. Use o campo de busca para procurar por temas inspirados em hotéis e pousadas.

Você também pode comprar temas de desenvolvedores online. Cuidado quando for comprar esses temas, pois muitos temas “grátis” que você encontra pelo Google podem vir com vírus que dão acesso a arquivos maliciosos e ataques de hackers.  Apenas baixe seus temas para WordPress de fontes confiáveis, como themeforest.net, Mojo Marketplace, Templatic, e do próprio WordPress.org .

Passo 6: instale um motor de reservas

Esse é o passo mais importante na construção do seu site. O objetivo do seu site é aumentar reservas diretas, e você só poderá fazer isso se tiver um motor de reservas. Obviamente recomendamos contratar o mybookings da Cloudbeds.

Qualquer que seja o motor de reservas que você escolha, garanta que ele seja responsivo a dispositivos móveis e livre de comissóes. 

Passo 7: instale outros plugins

Os plugins dão ao seu site funcionalidades adicionais. A seguir veja alguns plugins gratuitos que recomendo para qualquer site de hotel. A partir do seu painel de controle, vá para Plugins > Adicionar novo e use o campo de busca para procurar e instalar esses plugins:

  • Yoast WordPress SEO – esse plugin te habilita a refinar vários campos de SEO. Ele também produz sitemaps para buscadores e ajuda a manter seus permalinks (endereços de página de fácil leitura) limpos. 
  • iThemes Security – esse é o meu plugin gratuito favorito para segurança. Ele faz backup do seu banco de dados, atualiza seus scripts e trava algumas seções do back-end do seu site o protegendo de predadores digitais. 
  • Jetpack – esse plugin, feito pelos desenvolvedores do WordPress,  inclui algumas funções muito legais.  Entre elas, uma seção para comentários em seu blog, uma rede que faz com que suas fotos subam mais rápido, estatísticas gratuitas sobre o seu site e um tema móvel para sites não responsivos. 
  • EWWW otimizador de imagens – esse plugin gratuito faz com que suas imagens sejam carregadas mais rapidamente. 
  • Unveil Lazy Load – esse plugin reduz o tempo de carregamento do seu site ao carregar imagens somente quando seus visitantes rolam a barra para as visualizarem. 
  • W3 Total Cache – esse plugin tem várias opções para carregar seu site mais rápido. Se você usar esse plugin, procure dicas de como utilizá-lo. Ele foi banido por alguns servidores, como o WP Engine, porque ele consome muitos recursos do computador. Entretanto, em minha opinião, ele é o melhor plugin gratuito para limpar cache no WordPress. Ele é complexo, mas muito útil. 
  • Digg Digg – esse é um plugin gratuito que traz para seu site algumas funcionalidades bem legais para compartilhamento nas redes sociais. 

WordPress é uma excelente, e acima de tudo gratuita solução para hospedar e criar seu site. O processo pode levar tempo e ser complicado, principalmente para hoteleiros que nunca construíram um site antes. Mas se você conseguir, criar seu próprio site no WordPress te dará controle completo sobre a marca do seu hotel e como o público a vê. É uma excelente opção para hoteleiros que querem dedicar um esforço extra para melhorar sua marca e presença de seu hotel na internet a um custo relativamente baixo.